Acidente com ônibus mata 11 pessoas e deixa 20 feridos no Chile

Acidente com ônibus mata 11 pessoas e deixa 20 feridos no Chile

Grupo voltava de um passeio pela Cordilheira dos Andes

EFE

26 Novembro 2017 | 01h29

SANTIAGO - Pelo menos 11 pessoas morreram e cerca de 20 ficaram feridas neste sábado, 25, depois que um ônibus tombou na região de Araucanía, no sul do Chile, segundo fontes da Polícia e autoridades da região.

O acidente aconteceu depois das 18h (horário local, 19h em Brasília) na estrada que liga as localidades de Victoria e Curacautín, a cerca de 600 quilômetros de Santiago, e afetou um veículo que prestava um serviço especial ao município de Tirúa, para levar um grupo de funcionários a um passeio na cidade de Lonquimay, na Cordilheira dos Andes.

O acidente aconteceu no final do passeio, na viagem de volta, quando o motorista perdeu o controle do veículo que transportava 45 pessoas e tombou, arrastando-se por vários metros.

Os feridos, vários deles em estado grave, foram levados para hospitais de localidades próximas.

+++ Avião cai no Uruguai durante confraternização de sobreviventes dos Andes

A Presidente Michelle Bachelet, na sua conta de Twitter, enviou condolências às famílias das vítimas e aos moradores de Tirúa.

"Lamentável notícia o acidente do ônibus em Victoria. Os meus mais profundos pêsames às famílias das vítimas e a minha solidariedade com a comunidade de Tirúa", afirmou a governante na sua mensagem.

"Era gente do Departamento de Saúde junto com pessoas de idade que trabalham com a saúde intercultural na nossa comuna. Estavam em uma troca com uma comunidade de Lonquimay da região da cordilheira", disse à "Televisão Nacional" Adolfo Millabur, prefeito de Tirúa, no local do acidente. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.