Acidente de ônibus nas montanhas do Equador mata 38 e fere 12

Um ônibus que estava contornando as regiões montanhosas do Equador rumo à capital, Quito, saiu da estrada no domingo, matando 38 passageiros no pior acidente desse tipo no país em anos.

REUTERS

30 de agosto de 2010 | 08h54

Autoridades disseram que mais 12 pessoas ficaram feridas. A televisão local mostrou as equipes de resgate se esforçando para tirar os corpos, buscando sobreviventes nos íngremes penhascos ao redor do lago Yambo, na província Cotopaxi, onde ocorreu o acidente.

O ônibus havia começado a viagem na cidade colonial de Cuenca, que fica ao sul do país, na província de Azuays.

"Estamos analisando as causas do acidente", disse a jornalistas o investigador-chefe para acidentes de tráfego do Equador, Wilson Pavon.

A televisão local mostrou as equipes de resgate tirando um bebê pequeno dos destroços. Não ficou claro se a criança ainda estava viva.

(Reportagem de Santiago Silva)

Tudo o que sabemos sobre:
EQUADORONIBUSACIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.