Acordo EUA-Colômbia planta 'semente de guerra', diz Chávez

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira na cúpula de presidentes sul-americanos que o acordo militar entre Estados Unidos e Colômbia planta uma "semente de guerra", e pediu que a região avalie a parceria.

REUTERS

28 de agosto de 2009 | 16h41

"Que se ative o Conselho de Defesa da Unasul (União de Nações Sul-americanas) para avaliar este convênio", pediu Chávez.

(Reportagem de Damián Wroclavsky e Jorge Otaola)

Tudo o que sabemos sobre:
ARGENTINAUNASULCHAVEZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.