Após crise de 2005, Chávez nomeia novo embaixador no México

O presidente da Venezuela, HugoChávez, anunciou na terça-feira a indicação do ex-chanceler RoyChaderton como novo embaixador do país no México. Em 2005, uma série de enfrentamentos verbais entre Chávez eo então presidente mexicano, Vicente Fox, levou a uma crisediplomática que fez ambos os países retirarem seus respectivosembaixadores. "Tivemos cuidado, ouvimos as mensagens do México, não nosresta senão responder da mesma maneira, à altura, e designamosum embaixador de luxo para a cidade do México, Roy ChadertonMatos", disse o presidente venezuelano durante visita àArgentina. O advogado Roy Chaderton, 64 anos, foi chanceler daVenezuela de maio de 2002 a fevereiro de 2004. Antes,desenvolvera ampla carreira diplomática, com passagens porEuropa, África e América Latina. O enfrentamento entre Venezuela e México continuou quandoChávez não reconheceu a vitória do conservador Felipe Calderónnas eleições mexicanas de 2006, com apertada margem sobre oesquerdista Andrés Manuel López Obrador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.