Após ver Lula, Alarcón afirma que resgate deve ajudar a paz

O presidente da Assembléia Nacional deCuba, Ricardo Alarcón, disse nesta quarta-feira esperar que oresgate da ex-senadora Ingrid Betancourt e de outros reféns queestavam sob o poder das Farc ajude a pacificar a Colômbia. "Temos tentado ajudar na medida do possível. Tomara sejaalgo que contribua para a paz na Colômbia e não para umagravamento do conflito", declarou Alarcón a jornalistas apósencontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Paláciodo Planalto. "Tanto o Brasil como Cuba e como o mundo inteiro estavamdesejando há muito tempo que as pessoas que estão privadas deliberdade, seja quem for, sejam recuperadas", completou. A ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt foiresgatada, junto com outros 14 reféns, pelo Exército colombianodas mãos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc),junto com outros 14 reféns, incluindo três norte-americanos.(Reportagem de Fernando Exman)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.