Aprovação a Evo Morales cresce perto de referendo, di pesquisa

A aprovação da população ao presidenteboliviano, Evo Morales, subiu em julho para 59 por cento, onível mais alto em nove meses, mostrou uma pesquisa publicadaneste domingo, a uma semana de um importante referendo. Esse nível garantiria a ratificação do primeiro presidenteindígena na Bolívia, que chegou ao poder em janeiro de 2006 comapoio eleitoral recorde de 53,7 por cento, mas encontrou forteresistência da direita representada por prefeitos. A divulgação da pesquisa coincidiu com o início da etapafinal da campanha para a consulta de 10 de agosto. Morales encerrará na quinta-feira sua campanha para oreferendo, a partir do qual esperar relançar suas reformas delinha indígeno-socialista, que incluem medidas denacionalização da economia e eliminação de latifúndios. O índice de aprovação de Morales, medido mensalmente pelaempresa privada Ipsos Apoyo Opinión y Mercado nas quatroprincipais cidades do país, havia recuado a 52 por cento emnovembro e se recuperou até 57 por cento em junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.