Aprovação de presidente venezuelano Maduro cai para 37%, diz jornal

O índice de aprovação do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, caiu para 37 por cento em abril, de acordo com uma nova pesquisa divulgada por um jornal local nesta segunda-feira.

Reuters

05 Maio 2014 | 15h03

O apoio ao presidente caiu em relação aos 46,8 por cento de fevereiro em uma pesquisa feita pelo instituto Datanalisis, segundo o jornal El Universal, que não forneceu dados comparativos de março.

O Datanalisis, um dos mais conhecidos grupos de pesquisa de opinião do país, tem como política a não publicação dos resultados de suas pesquisas nem a confirmação da veracidade de reportagens sobre elas.

Maduro venceu a apertada eleição presidencial de 2013 após a morte do líder socialista Hugo Chávez. Desde sua posse ele enfrenta críticas sobre os problemas econômicos, incluindo a inflação anual que se aproxima de 60 por cento e a escassez de produtos básicos.

Esses problemas contribuíram para impulsionar três meses de violentos protestos de rua em que a oposição exigiu sua renúncia, embora as manifestações tenham diminuído consideravelmente nas últimas semanas.

Um terço dos pesquisados pelo Datanalisis, segundo o jornal, apontaram a falta de produtos de consumo como um dos principais problemas da Venezuela, seguido pela insegurança e o elevado custo de vida.

Maduro atribui os problemas econômicos do país à sabotagem de líderes empresariais apoiados pelos Estados Unidos, adversário ideológico do governo socialista.

(Reportagem de Brian Ellsworth)

Mais conteúdo sobre:
VENEZUELA MADURO APOIO QUEA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.