Ataque com 'burros-bomba' mata duas pessoas na Colômbia

Duas pessoas morreram e seis ficaram feridas com a explosão de dois burros carregados com explosivos por guerrilheiros que tinham como alvo um grupo de erradicadores da folha de coca no nordeste da Colômbia, perto da fronteira com a Venezuela, informou a polícia nesta sexta-feira.

REUTERS

11 de setembro de 2009 | 22h14

O ataque incomum atribuído às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) aconteceu perto do povoado de La Gabarra para tentar atrapalhar um bem-sucedido programa do governo colombiano que luta contra o narcotráfico, disseram as autoridades.

"Duas pessoas morreram e seis soldados ficaram feridos", disse o coronel Orlando Pineda, comandante da polícia local. Ele explicou que o ataque aconteceu durante um deslocamento dos agentes erradicadores, que têm proteção do Exército.

A erradicação manual de cultivos ilícitos tem sido um dos melhores programas do governo do presidente Álvaro Uribe na luta contra o narcotráfico.

Não é a primeira vez que a guerrilha utiliza animais para perpetrar ataques em meio ao conflito interno de mais de quatro décadas no país sul-americano.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIAATAQUESBURROSBOMBA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.