Ataque das Farc mata 12 militares na Colômbia

Um ataque da guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) matou 12 militares na segunda-feira no leste da Colômbia, no pior revés para as Forças Armadas em vários meses, marcando um recrudescimento nas hostilidades promovidas pelo maior grupo armado do país.

REUTERS

21 Maio 2012 | 18h19

O ataque com metralhadoras, fuzis e explosivos aconteceu perto da localidade de Maicao, no Departamento de La Guajira, perto da fronteira com a Venezuela, onde militares realizavam patrulhas.

Embora o grupo rebelde tenha sido debilitado por uma ofensiva militar apoiada pelos EUA, que resultaram na morte de vários comandantes nos últimos anos, a guerrilha continua tendo capacidade para realizar ataques de grande envergadura.

No final de março, 68 guerrilheiros das Farc morreram em dois bombardeios realizados pelas Forças Armadas nos departamentos de Arauca e Meta, em meio à implementação de uma nova estratégia militar contra a guerrilha, com o objetivo de derrotá-lo ou forçá-la a uma negociação de paz.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Mais conteúdo sobre:
COLOMBIA FARC ATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.