Peter Kramer/AP
Peter Kramer/AP

Aumenta mobilização de celebridades para ajudar o Haiti

Madonna doa US$250 mil, MTV organiza Teleton e rapper haitiano ajuda a remover corpos em Porto Príncipe

estadao.com.br,

15 de janeiro de 2010 | 15h37

A mobilização de artistas para amenizar a tragédia humanitária causada pelo terremoto no Haiti tem aumentado nos últimos dias. Nesta sexta-feira, 16, a cantora Madonna anunciou que doara US$ 250 mil para as vítimas. A MTV americana pretende organizar um Teleton beneficente no próximo dia 22, comandado pelo ator George Clooney. No Haiti, o rapper Wyclef Jean, nascido em Porto Príncipe, ajuda nos resgates, retirando corpos dos destroços.

Veja também:

linkCaos na infraestrutura prejudica ajuda no Haiti

linkTerremoto deixou 300 mil desabrigados, diz ONU

link70% dos prédios de Porto Príncipe caíram, diz Cruz Vermelha

linkAo menos 17 brasileiros morreram , diz Jobim

linkResgate corre contra tempo para salvar feridos

Madonna afirmou que tem rezado pelas vítimas do terremoto. Ela fez a doação à ONG Partners in Health, que trabalha no Haiti há dois anos. "Temos que atuar agora. Ajudem da maneira que puderem", pediu a cantora a seus fãs.

Jean, que fez sucesso no grupo Fugees e depois seguiu carreira solo, disse que há muitos corpos nas ruas. "Passamos a quinta-feira recolhendo cadáveres. Há tantos corpos nas ruas que os cemitérios e os necrotérios estão lotados", disse à Fox News. O rapper estima que até 500 mil pessoas ou morreram ou estão a ponto de morrer.

Mark Jafar, porta-voz da MTV disse que os detalhes ainda estão sendo definidos. O show deve ser transmitido nos EUA pela MTV, VH1, NBC, ABC, CNN e HBO.

Na quarta-feira, o casal Angelina Jolie e Brad Pitt anunciou a doação de US$ 1 milhão para a tragédia no Haiti. Outros famosos, como o ciclista Lance Armstrong e o ator Ben Stiller também prometeram contribuir.

Com informações da AP e da Efe

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.