Autoridades identificam 20 dos 193 corpos encontrados no norte do México

Procuradoria iniciou investigação após sequestro de passageiros de um ônibus, em março

Efe,

06 de julho de 2011 | 02h44

MÉXICO - As autoridades mexicanas identificaram 20 dos 193 cadáveres encontrados desde abril em valas clandestinas no município de San Fernando, no estado de Tamaulipas, informou na terça-feira, 5, a Procuradoria Geral da República (PGR).

 

A PRG precisou que o pessoal da Subprocuradoria de Investigação Especializada em Delinquência Organizada (Siedo) entregou na terça-feira a seus familiares dois dos corpos identificados. Estas duas vítimas procediam do Estado do México e de Guerrero.

 

A Procuradoria lembrou que em 2 de abril foi iniciada uma investigação, após o sequestro de passageiros de um ônibus, em março, e os corpos encontrados em múltiplas valas clandestinas, em ações criminosas atribuídas ao cartel das drogas Los Zetas.

 

Entre abril e maio, as autoridades mexicanas localizaram 193 cadáveres em 47 fossas clandestinas no município de San Fernando, a maioria dos quais correspondem a pessoas que viajavam em um ônibus rumo à fronteira com os Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
México, Tamaulipas, Los Zetas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.