Avião do Exército peruano cai e deixa oito feridos

Aeronave de pequeno porte teve falhas mecânicas logo após decolar e caiu na selva da região de Loreto

Efe,

11 de janeiro de 2009 | 01h27

Um pequeno avião do Exército peruano caiu neste sábado, 10, na selva da região de Loreto (nordeste), poucos minutos depois de ter decolado, com um saldo de oito feridos, informou a imprensa local. O chefe de Comunicações da Direção Geral de Saúde em Loreto, Fred Pérez, disse à agência estatal "Andina" que o ferido de maior gravidade é uma bióloga de um programa governamental de assistência, Wendy Calderón Saavedra, de 24 anos, que fraturou o braço e a mão esquerda. O piloto da aeronave, o major do Exército Mario Luque, e o resto dos ocupantes tiveram ferimentos leves. O pequeno avião partiu da localidade de Intuto rumo à cidade de Iquitos, capital regional e departamental, com oito ocupantes. Aparentemente, o acidente aconteceu por falhas mecânicas às 13h15 (16h15 de Brasília). A empresa petrolífera argentina Pluspetrol, que tem operações perto da área do acidente, ofereceu um de seus helicópteros para retirar os feridos e levá-los para Iquitos.

Tudo o que sabemos sobre:
acidente aéreoPeru

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.