Aznar sugeriu violência contra imprensa sérvia, diz Fidel

Jornal cubano divulga neste domingo uma suposta conversa entre Bill Clinton e José María Aznar

Reuters,

30 de setembro de 2007 | 19h03

O líder cubano Fidel Castro acusou neste domingo, 30, o ex-primeiro ministro espanhol José María Aznar de sugerir que a mídia sérvia fosse bombardeada durante a guerra em Kosovo, segundo uma transcrição obtida de uma conversa pelo líder cubano entre o ex-premiê e um oficial dos Estados Unidos. No jornal oficial Juventud Rebelde deste domingo, Fidel Castro publicou o que disse ser uma transcrição de uma conversa de Aznar sobre estratégia, durante o bombardeio da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) às forças sérvias em 1999 para coagi-las a cessar ataques étnicos contra os albaneses em Kosovo. O conservador Partido Popular de Aznar foi provocado semana passada com a publicação de uma conversa que Aznar teve com o presidente norte-americano, George W. Bush, antes da guerra do Iraque.  Aznar também fala com desprezo na transcrição sobre o então presidente francês Jacques Chirac. "Quando quero me divertir com Chirac, começo falando de como os americanos são realmente horríveis", disse ele, segundo a transcrição.  Fidel não explicou como nem quando obteve a transcrição e não identifica o oficial norte-americano, que não teve suas falas publicadas. Fidel havia afirmado anteriormente ter a transcrição de uma conversa entre o ex-presidente Bill Clinton e Aznar. O cubano já tinha acusado Aznar de querer bombardear a mídia. Na transcrição, disse Fidel, Aznar discute a possibilidade de uma guerra em solo caso o bombardeio da Otan falhasse. "Minha idéia é que para vencer essa guerra as comunicações entre o governo de Belgrado e o povo precisam ser cortadas. É vital cortar todas as comunicações sérvias, rádio, TV e telefone", disse Aznar, segundo a transcrição. Fidel continua recluso depois de ser submetido a cirurgias nos últimos 14 meses. Aos 81 anos, ele aparece ocasionalmente em vídeos e fotografias e tem escrito artigos para imprensa estatal, enquanto seu irmão mais novo, Raúl Castro, governa o país.

Tudo o que sabemos sobre:
Fidel CastroCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.