Banco Mundial aprova US$ 52,5 milhões de para a Bolívia

US$ 20 milhões vão para um programa de gestão sustentável do lago Titicaca

EFE

21 de dezembro de 2007 | 01h51

O Banco Mundial anunciou nesta quinta-feira que aprovou três créditos para a Bolívia, num total de US$ 52,5 milhões, para promover o desenvolvimento econômico. O órgão informou que seu diretório executivo aprovou um empréstimo sem juros de US$ 20 milhões para um programa de gestão sustentável do lago Titicaca. O segundo empréstimo, também de US$ 20 milhões sem juros, beneficiará zonas rurais pobres de grande potencial produtivo. O projeto será reforçado com fundos adicionais de US$ 11 milhões fornecidos pela Dinamarca e US$ 4,5 milhões da Suíça. A terceira operação financeira será um empréstimo de US$ 12,5 milhes sem juros para fortalecer a capacidade do Estado de enfrentar os efeitos dos desastres naturais, segundo o Banco.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolívia, Banco Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.