Barco com até 200 imigrantes haitianos naufraga no Caribe

Pelo menos 85 pessoas estão desaparecidas após choque de embarcação em recife; 113 sobreviveram

Agência Estado, Associated Press e Efe,

28 de julho de 2009 | 08h49

Um barco com até 200 imigrantes haitianos naufragou próximo às Ilhas Turcos e Caicos, no Caribe, informou nesta terça-feira, 28, a Guarda Costeira dos Estados Unidos. Um sobrevivente disse que o barco bateu num recife quando tentava escapar da polícia. Equipes de resgate encontraram 113 sobreviventes presos em dois recifes e recuperaram dois corpos. Os demais passageiros estão desaparecidos e possivelmente mortos. Estima-se que 85 pessoas estejam desaparecidas.

 

O naufrágio ocorreu por volta de 14h (hora local) de segunda-feira e até o final da noite de ontem as autoridades do arquipélago de Turcos e Caicos (um território ultramarino britânico), usando barcos pequenos, haviam resgatado cerca de 40 passageiros que ficaram presos no recife, localizado três quilômetros a sudeste da ilha Caicos Oeste.

 

O barco estava no mar havia três dias quando os passageiros viram uma embarcação da polícia e acidentalmente levaram o barco a se chocar contra o recife ao tentar se esconder, disse o sobrevivente Alces Julien no hospital onde alguns dos passageiros resgatados estavam sendo atendidos.

 

Segundo uma porta-voz da Guarda Costeira dos EUA, as informações dadas pelos sobreviventes indicam que de 160 a 200 pessoas estavam a bordo quando a embarcação tombou perto deste canal insular a sudeste das Bahamas. Ela disse que a causa do acidente ainda está sendo investigada.

Tudo o que sabemos sobre:
Haiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.