Bolívia: governo e oposição se reúnem e tentam acordo

No palácio Quemado, em La Paz, reuniram-se representantes do Governo e da oposição

da redação,

14 de setembro de 2008 | 21h07

Um diálogo fundamental para restabelecer a paz na Bolívia foi retomado na tarde este domingo no palácio Quemado, de La Paz, de acordo com informações da agência de notícias AFP.   Veja também: Lula confirma presença em reunião da Unasul  Entenda os protestos da oposição na Bolívia Filas se formam em frente às distribuidoras de gás   Imagens das manifestações   Chávez aproveita deterioração diplomática dos EUA   Na reunião, estavam representantes do Governo e dos cinco governadores da oposição.   De acordo com o vice-presidente Alvaro García, o governo está 'amplamente disposto' a discutir os temas a fundo, mas não vai 'negociar os mortos' registrados em Pando na quinta, que foram responsabilidade do governado dessa região, Leopoldo Fernández.   Mario Cossío, prefeito de Tarija e representante dos cinco governadores opositores, disse que os temas relacionados à militarização e à mobilização opositora devem ser discutidos nos acordos preliminares.

Tudo o que sabemos sobre:
boliviaacordocriseevo morales

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.