Bomba é encontrada na Argentina antes da visita de Uribe

A polícia argentina desativou nesta terça-feira uma bomba escondida em um teatro onde o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe deve discursar no dia seguinte, segundo um juiz de instrução.

REUTERS

22 Maio 2012 | 17h19

Uribe, que em seus dois mandatos reprimiu com firmeza as guerrilhas da Colômbia, deve participar na quarta-feira de uma conferência no teatro Gran Rex, no centro de Buenos Aires.

A bomba de baixa intensidade seria detonada por volta de 16h de quarta-feira, na área do teatro onde Uribe deve participar de uma recepção depois de discursar.

"Era um dispositivo simples, mas forte o suficiente para causar a morte das pessoas nos arredores", disse a jornalistas o juiz federal Norberto Oyarbide, encarregado da investigação.

O teatro foi desocupado e cercado pela polícia, a bomba foi desativada e o prédio foi vasculhado.

(Reportagem de Hugh Bronstein e Magdalena Morales)

Mais conteúdo sobre:
ARGENTINABOMBAURIBE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.