Bomba fere 12 na Colômbia; explosão é atribuída às Farc

Polícia diz que explosão aconteceu na sexta, quando homem jogouexplosivo contra estabelecimento comercial

EFE

23 de agosto de 2008 | 12h53

Uma pessoa morreu e 12 ficaram feridas na explosão de uma bomba que supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) detonaram em um bar do município colombiano de San Rafael (noroeste), informaram neste sábado, 23,  fontes oficiais.  A Polícia disse que a explosão aconteceu por volta das 22h de sexta-feira (0h de hoje de Brasília), quando um homem jogou o explosivo contra um estabelecimento comercial que fica em frente ao comando policial de San Rafael, no departamento (estado) de Antioquia. O médico Luis Chavarriaga, do hospital local, confirmou à rádio "Caracol" que uma pessoa morreu e que outras 12 foram atendidas no centro médico sem ferimentos graves. Por sua vez, o secretário do Governo de Antioquia, Andrés Julián Rendón, disse a jornalistas que o atentado não era esperado, pois não se conheciam ameaças contra a população local. As autoridades, que afirmam que o ataque foi realizado pelas Farc, lembraram que no dia 15 de agosto os guerrilheiros detonaram uma bomba na localidade vizinha de Ituango, onde sete pessoas morreram e 51 ficaram feridas.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.