Bombardeio na Colômbia deixa 10 rebeldes das Farc mortos

Ataque foi contra a frente 10 da guerrilha em um acampamento situado na fronteira com a Venezuela

Efe,

29 de julho de 2008 | 00h18

Pelo menos dez guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreram em um bombardeio da Força Aérea Colombiana a um acampamento rebelde situado no departamento de Arauca, fronteiriço com a Venezuela, informaram nesta segunda-feira, 28, fontes oficiais. Uma fonte da Força Aérea Colombiana disse que a operação foi realizada em uma paragem do município de Arauquita (nordeste) contra a frente 10 das Farc depois de seis meses de acompanhamento. Além disso, destacou que no bombardeio morreu o chefe guerrilheiro José Felipe Rizzo, conhecido como "Jurga jurga", e outros guerrilheiros das Farc.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcguerrilharebeldeColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.