Brasil e mais 12 países farão reunião pelo Haiti

Conferência visa a preparação do encontros dos países que vão ajudar a reconstruir nação caribenha

Efe,

13 de março de 2010 | 02h13

Representantes de 13 países, entre eles o Brasil, confirmaram presença em uma conferência de doadores de ajuda humanitária ao Haiti, que será realizada de 15 a 17 de março em Santo Domingo, informa o Governo da República Dominicana.

O ministro da Economia da República Dominicana, Juan Temístocles Montás, anunciou que 25 países foram convidados à Conferência de Países Doadores para a Reconstrução do Haiti, mas que até o momento só 13 asseguraram sua participação.

Além do Brasil e dos anfitriões, haverá delegações de Argentina, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Itália, Japão, Noruega, Estados Unidos, França, Inglaterra e Suécia. O Governo dominicano ainda espera confirmação de outros países.

Representantes da Organização das Nações Unidos (ONU), do Fundo Monetário Internacional (FMI), do Banco Mundial (BM), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), da União Europeia (UE) e da Associação de Estados do Caribe (AEC) também vão estar presentes.

A conferência tem papel preparatório visando a cúpula de países pela reconstrução do Haiti, convocada pela ONU para o dia 31 de março em Nova York.

No último dia da reunião convocada de Santo Domingo será apresentado um projeto denominado Plano Estratégico Nacional de Desenvolvimento e um relatório sobre os assuntos macroeconômicos para a reconstrução do Haiti.

Além disso, serão divulgados os resultados das avaliações técnicas sobre a tragédia haitiana, que serão apresentados também na reunião da ONU.

Tudo o que sabemos sobre:
HaitiBrasilreconstruçãoconferência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.