Brasil já liberou US$ 5 milhões para ajuda ao Haiti

Segundo a ONU, o país precisa de mais de US$ 560 milhões para socorro e reconstrução

Agência Estado,

16 de janeiro de 2010 | 19h31

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, anunciou em reunião interna no Itamaraty neste sábado, 16, que o governo brasileiro já liberou US$ 5 milhões para o fundo emergencial das Nações Unidas (ONU) que atende o Haiti. O valor corresponde a um terço do total prometido pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ajuda financeira brasileira.

 

Segundo a ONU, o Haiti precisa de mais de US$ 560 milhões para socorro e reconstrução.

 

Hoje, o secretário geral do Itamaraty, Antônio de Aguiar Patriota, embarcou para o Haiti em voo da Força Aérea Brasileira (FAB). O Ministério das Relações Exteriores também enviou mais funcionários para a embaixada brasileira na República Dominicana que presta apoio ao Haiti.

 

O Itamaraty mantém um núcleo de atendimento para familiares de brasileiros civis que estejam no exterior. Desde o terremoto, o Núcleo de Assistência a Brasileiros (NAB) recebeu 650 chamadas de cerca de 400 famílias de civis. Dessas ligações, 40 pessoas não foram localizadas. O NAB funciona nos números (61) 8197 2284; 3411.8803; 3411.8805; 3411.8808; 3411.8817; 3411.9718. As informações são da Agência Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasilHaitiajudaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.