Brasileiro e paraguaio são assassinados na fronteira entre os dois países

Região é conhecida por ser disputada por grupos de traficantes

Efe

23 de outubro de 2010 | 18h08

ASSUNÇÃO - Um brasileiro e um paraguaio morreram neste sábado, 23, após serem atacados a tiros quando viajavam em um veículo na localidade paraguaia de Capitán Bado, nordeste do país, na fronteira com o Mato Grosso do Sul, informaram as autoridades.

 

O fato aconteceu no limite entre Capitán Bado, no estado de Amambay, e Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul. As vítimas estavam juntas em uma caminhonete com placa paraguaia.

 

A Polícia local, que não informou quantas pessoas realizaram o ataque, identificou as vítimas como Pablo Sergio Alarcón, da cidade sul-matogrossense de Ponta Porã, e Patrício Núñez, de Pedro Juan Caballero, capital de Amambay.

 

"Aparentemente o fato ocorreu no território brasileiro e posteriormente o veículo passou pela divisa em direção ao lado paraguaio", disse o oficial Ismael Rotela, em declarações telefônicas à emissora de rádio "Ñandutí", de Assunção.

 

Capitán Bado está em uma região onde há várias plantações de maconha, assim como grupos que disputam o controle do tráfico desta e de outras drogas, como cocaína, rumo a diversos países sul-americanos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.