Ramon Espinosa/AP
Ramon Espinosa/AP

Bush anuncia apoio à agricultura em breve visita ao Haiti

Ex-presidente viajou à nação caribenha para chamar a atenção sobre necessidades do país

Efe,

10 de agosto de 2010 | 22h41

PORTO PRÍNCIPE- O ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush prometeu nesta terça-feira, 10, apoio do Fundo Clinton-Bush à agricultura e economia do Haiti em uma breve visita à capital haitiana, sua segunda após o forte terremoto que atingiu o país em janeiro.

 

A porta-voz de Bush, Meg Pearce, declarou à imprensa local que a visita tinha como objetivo chamar a atenção das necessidades que o Haiti ainda tem, sete meses após o tremor de 7 graus na escala Richter que deixou mais de 230 mil mortos.

 

Ao aterrissar no aeroporto internacional Toussaint Louverture, Bush se dirigiu até a indústria Perry Import Export, no norte da capital, onde obteve informações sobre o processo de preparação das frutas destinadas a exportação.

 

Acompanhado do ministro haitiano de Agricultura, Joanas Gué, o ex-presidente falou sobre a importância para a economia de um setor que gera cerca de US$ 6 milhões ao ano e cria milhares de empregos.

 

Produtores de manga haitianos se beneficiaram de um apoio especial do Fundo Clinton-Bush com o propósito de recolher fundos de americanos em favor da danificada nação caribenha.

 

Por sua vez, Joanas Gué anunciou que os ex-presidentes Bill Clinton e George W. Bush já dispõem de US$ 500.000 para o financiamento de atividades dos produtores locais de manga.

 

Pela tarde, Bush se encontrou com o presidente haitiano, René Préval. O secretário-geral da Presidência, Fritz Longchamp, se negou a revelar o conteúdo da reunião.

 

Depois, o americano tinha prevista uma visita ao Centro Gheskio, um instituto médico que trata infecções.

 

A viagem de Bush ocorre um dia depois do Fundo anunciar o aporte de quase US$ 3,5 milhões para a educação universitária, a criação de empregos e a produção agrícola do Haiti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.