Calderón parabeniza Uribe por resgate de reféns das Farc

Governo mexicano pede para que Farc atendam os pedidos e libertem todos os seqüestrados

Efe,

03 de julho de 2008 | 04h00

O presidente do México, Felipe Calderón, conversou na noite desta quarta-feira, 2, com seu colega colombiano, Álvaro Uribe, para felicitá-lo pela "operação bem-sucedida" que libertou 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Veja também:Ouça o relato de Ingrid Betancourt (em espanhol)Resgate de reféns das Farc durou 22 minutos e 13 segundosUribe pede libertação de todos os reféns para negociar pazLibertação foi milagre, precisamos lutar pelos reféns, diz IngridResgate foi absolutamente impecável, diz IngridQuem são os ex-reféns libertados pelo Exército colombianoEUA elogiam operação de resgateRice pede às Farc que libertem outros refénsO drama de Ingrid Por dentro das Farc Histórico dos conflitos armados na região   Cronologia do seqüestro de Ingrid BetancourtLeia tudo o que foi publicado sobre o caso Ingrid BetancourtDepoimento dos filhos de Ingrid (em espanhol)  Segundo um comunicado da Presidência mexicana, Calderón elogiou a estratégia adotada para a libertação dos reféns, que "fortalece a vida democrática e a convivência social da Colômbia". Horas antes, a Chancelaria mexicana divulgou um comunicado afirmando que é imprescindível que as Farc "atendam aos apelos da sociedade colombiana e da comunidade internacional, e dêem um passo em direção à libertação de todas as pessoas que ainda estão privadas de sua liberdade". Além da ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, foram resgatados onze militares e policiais colombianos, assim como três cidadãos americanos.

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaFarcMéxicoIngrid Betancourt

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.