Canadá anuncia envio de mais US$ 215 milhões ao Haiti

País já havia contribuído com cerca de US$ 80 milhões imediatamente após o terremoto de 12 de janeiro

Efe,

15 de fevereiro de 2010 | 18h51

O Canadá vai enviar US$ 215 milhões (226 milhões de dólares canadenses) para ajudar o Haiti na reconstrução do país, que foi devastado por um terremoto, anunciou nesta segunda-feira, 15, o embaixador canadense Gilles Rivard.

 

O dinheiro é proveniente de diversas campanhas entre a população canadense realizadas após o desastre do dia 12 de janeiro, que deixou mais de 200 mil mortos no Haiti.

 

Em declarações à imprensa local, o diplomata prometeu mais doações ao longo das próximas semanas. Por enquanto, o país vem ajudando através de instituições internacionais e ONGs.

 

Rivard anunciou a nova ajuda pouco antes da visita do primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, ao Haiti, onde vai se encontrar com as autoridades e analisar a situação da ajuda humanitária e dos projetos de reconstrução da capital, Porto Príncipe.

 

O premiê ficará dois dias em território haitiano e vai conversar com o presidente, René Préval, e o primeiro-ministro, Jean Max Bellerrive, sobre as dificuldades no processo de ajuda e as prioridades na reconstrução.

 

Harper também se reunirá com canadenses que participam dos trabalhos de distribuição de ajuda humanitária. Após o tremor, o Canadá já havia anunciado o envio de US$ 80,8 milhões (85 milhões de dólares canadenses) para ajudar o Haiti.

Tudo o que sabemos sobre:
CanadaHaititerremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.