Candidato da oposição avança três pontos sobre Kirchner

Narváez tem 34,96% dos votos contra 31,86% do ex-presidente em eleição legislativa da Argentina

28 de junho de 2009 | 23h52

O candidato opositor Francisco de Narváez tem uma vantagem de três pontos sobre o ex-presidente Néstor Kirchner com 32,58% das urnas apuradas no pleito legislativo do país, segundo informação do site do Clarín. Narváez tem 34,96% dos votos contra 31,86% do ex-presidente. A diferença é de quase 75 mil votos. Se for confirmada esta tendência, Kirchner sofreria a maior derrota do governo no cinturão industrial de Buenos Aires, tradicional reduto peronista, embora os analistas concordem em que os resultados são tão apertados que se espera uma longa noite antes de ter dados conclusivos sobre a configuração do novo mapa político do país.

 

Veja também:

blog Blog do Ariel Palácios

 

Segundo uma pesquisa de boca-de-urna divulgada no domingo pela emissora de televisão Canal 13, Kirchner liderava com leve vantagem a eleição para deputados na província de Buenos Aires. Para o analista político Rosendo Fraga, do Centro de Estudos Nova Maioria, "se a tendência de boca de urna confirma que há paridade em Buenos Aires (província), entre Kirchner e De Narváez implica em que o governo está perdendo pelo menos seis vagas na Câmara (por esta província) e isso significa perder o controle da Câmara". 

 

O analista disse que a tendência de votos também mostra que há o risco de o governo perder a maioria no Senado. "Todos sabemos que governar sem o Congresso não é fácil e esse vai ser o grande desafio para o governo" de Cristina Kirchner.

 

(Com Efe)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.