Candito de oposição está na frente no pleito de Honduras

Segundo pesquisa do CID-Gallup, Porfirio Lobo tem 16 pontos de vantagem sobre candidato do Partido Liberal

Efe,

27 de outubro de 2009 | 15h40

O candidato à Presidência do opositor Partido Nacional, Porfirio Lobo, tem 16 pontos de vantagem sobre o do governante Partido Liberal, Elvin Santos, para as eleições de 29 de novembro em Honduras, segundo enquete divulgada nesta terça-feira, 27..

Veja também:

Campanha eleitoral esquenta em Honduras apesar de crise

 

Lobo tem 37% das intenções de voto e Santos 21%, segundo pesquisa da empresa CID-Gallup divulgada pelo jornal local La Prensa e pela rádio HRN, a pouco mais de um mês da realização do pleito.

 

Em terceiro lugar, está o candidato independente Carlos Reyes, com 6%, seguido por César Ham, do Partido da Unificação Democrática (de esquerda), com 3%; Bernard Martínez, do Partido Inovação e Unidade Social-Democrata, e Felícito Ávila, da Democracia Cristã,  ambos com 2%. O restante dos consultados não opinou ou não respondeu à pesquisa.

 

A vantagem de Lobo sobre Santos aumentou em 11 pontos desde a enquete anterior da CID-Gallup, divulgada no dia 15 de julho, quando a diferença era de cinco.

 

A enquete publicada hoje, foi realizada entre 13 e 19 de outubro, com 1.420 adultos de todo o país, exceto os departamentos de Gracias a Dios e Islas de la Bahia. A margem de erro da pesquisa é de 2,8%, segundo a CID-Gallup.

 

A empresa aponta que a crise política causada pelo golpe de Estado de 28 de junho, que tirou do poder o presidente Manuel Zelaya, prejudicou seu partido e a candidatura de Santos, e beneficiou os opositores.

 

Dos entrevistados, 56% consideram que Lobo é o candidato favorecido pela crise; 14% apontam para Santos; 4% para Reyes; 20% para outros candidatos.

Tudo o que sabemos sobre:
HondurasPorfirioLobocandidatoElvin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.