Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Carro-bomba mata seis na Colômbia

Explosão acontece em frente aos prédios da Prefeitura e da Promotoria de Buenaventura

24 de março de 2010 | 12h19

         

BOGOTÁ - Pelo menos seis pessoas morreram nesta quarta-feira, 24, e 32 ficaram feridas na explosão de um carro-bomba na cidade de Buenaventura, no sudoeste da Colômbia, informaram fontes oficiais. Foi o pior atentado no país desde setembro 2008, quando uma explosão matou quatro pessoas em Cali.

 

Nenhum grupo rebelde assumiu a autoria do atentado, mas o general Freddy Padilla afirmou à imprensa que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). 

 

 Segundo o governador Juan Carlos Abadia (homônimo do traficante preso no Brasil), a região tem sofrido ataques violentos do narcotráfico e de paramilitares de direita.

 

A explosão aconteceu em frente aos prédios da Prefeitura e da promotoria da cidade, onde também funcionam vários estabelecimentos comerciais.

 

 " Acredita-se que o número de pessoas feridas siga aumentando, já que continua chegando gente ao hospital", disse o diretor do serviço local de emergências, Yerlis Fori, à Rádio Caracol de Bogotá.

 

A cidade litorânea de Buenaventura é uma das que serve de rota para o tráfico de drogas na Colômbia. O porto local é usado por traficantes para embarcar drogas para os EUA.

Com informações da Efe, da AP e da Reuters

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.