Chanceler da Colômbia renuncia; ex-colega de Uribe o substitui

O chanceler da Colômbia, FernandoAraújo, renunciou ao cargo na quarta-feira e será substituídopor Jaime Bermúdez, ex-embaixador do país na Argentina,considerado o mentor da imagem pública do presidente AlvaroUribe. Em junho, Uribe já havia substituído seu ministro deInterior e Justiça, Carlos Holguín, por Fabio Valencia. Em nota, Araújo, que estava no cargo desde o final defevereiro de 2007, agradeceu Uribe pela oportunidade de"contribuir para a implementação da sua política de SegurançaDemocrática e, por meio dela, para a transformação do país,para o bem de todos os colombianos". Araújo, que esteve seis anos como refém da guerrilha Farc,alegou motivos pessoais para deixar o governo e disse que agorase dedicará a atividades particulares e familiares. O novo chanceler, que toma posse na quinta-feira, é uma daspessoas mais próximas de Uribe, com quem estudou em Oxford. Elefoi assessor de comunicação das duas campanhas de Uribe àpresidência e durante o primeiro mandato, razão pela qual éconsiderado o arquiteto da imagem do presidente e um dosresponsáveis por sua expressiva popularidade. (Reportagem de Luis Jaime Acosta)

REUTERS

16 de julho de 2008 | 21h30

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIACHANCELER

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.