Chaves anuncia a criação de 'banco petrolífero internacional'

Durante comício, presidente venezuelano assegura que projeto conta com o apoio do governo russo

Agências internacionais,

09 de outubro de 2008 | 07h41

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, anunciou na quarta-feira, 8, durante um ato em Caracas em homenagem a Che Guevara, a criação de um "um banco petroleiro internacional" com o apoio da Rússia.  "Chega de termos que colocar os recursos de nosso povo em bancos do norte" que "estão afundando", afirmou o presidente venezuelano, referindo-se à crise financeira internacional. Chávez destacou que o apoio da Rússia ao projeto do "banco petroleiro internacional", promovido pela Venezuela, foi comunicado pelo chanceler venezuelano, Nicolás Maduro, que acaba de retornar de um viagem que o levou a França, Rússia e Irã. No entanto, o presidente venezuelano não deu mais detalhes da estrutura e da função do chamado "banco petroleiro internacional". "Nós somos os convocados para solucionar nosso problema, chega de esperar que, do norte, solucionem nossos problemas", acrescentou. Segundo a BBC, Chávez disse ainda que "se a Opep não quiser criar um banco da Opep, bom, então procuraremos dois ou três países entre os grandes produtores de petróleo para que formemos então um Banco Petrolífero Internacional, um banco do Sul, dos países produtores de petróleo".

Tudo o que sabemos sobre:
PetróleoOpepVenezuelaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.