Divulgação/Estudio Revolución
Divulgação/Estudio Revolución

Chávez afirma que 'segue melhorando' após ser operado em Cuba

Presidente da Venezuela foi submetido a uma cirurgia para tratar de lesão na pélvis

REUTERS

02 de março de 2012 | 19h11

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, assegurou na sexta-feira que continua recuperando-se após passar por uma cirurgia em Cuba, mas não deu informação sobre os estudos que revelariam se reapareceu o câncer que foi tratado no ano passado.

A recaída do líder socialista, de 57 anos, tem sacudido a Venezuela, que em outubro realiza eleições. Chávez busca uma nova reeleição após 13 anos no poder.

"Estou começando a levantar voo de novo e estarei com vocês de novo. Todos os dias, meses e anos que me restam de vida, levantando a pátria do futuro", disse ele por telefone, de Cuba, à televisão estatal venezuelana.

"Sigo recuperando-me aceleradamente. Estava almoçando, fazendo a dieta de recuperação", disse ele na conversa que durou 20 minutos e que foi encerrada, segundo o presidente, para iniciar sua caminhada vespertina.

"Não posso retardar nem um minuto o tratamento", acrescentou, sem especificar se está recebendo medicação.

Chávez foi submetido a uma cirurgia esta semana para tratar de uma lesão na pélvis, detectada no mesmo lugar em que foi retirado um tumor cancerígeno no ano passado.

A saúde do presidente deixa em suspenso o futuro político do país sul-americano, já que Chávez tem resistido a delegar o poder ao vice-presidente Elías Jaua, que nos próximos meses deverá abandonar seu cargo para iniciar campanha para disputar o governo de Miranda.

Sem um sucessor claro e ratificado como candidato do governista Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), Chávez enfatiza a necessidade de que suas heterogêneas bases de apoio permaneçam unidas durante sua ausência.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZMELHOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.