Chávez ameaça cortar transmissão por cabo da RCTV

Após não ter sua licença de exibição em TV aberta renovada, emissora pode não estar no ar em agosto

31 Julho 2007 | 18h12

Meses após não ter sua licença para exibir sua programação no conteúdo aberto da televisão venezuelana pelo presidente, Hugo Chávez, a Radio Caracas Television, a RCTV, tem seu direito de transmitir a cabo também ameaçado.   Venezuela proíbe dois jornais de publicarem fotos de crimes As emissoras de TV a cabo da Venezuela solicitaram ao governo que estendesse o prazo de inscrição que concedeu à RCTV no registro de produtores audiovisuais nacionais, para evitar a sua saída do ar em 24 horas, disse o presidente da Cavetesu, a Câmara Venezuelana de Televisão por Subscrição, Mario Seijas. A RCTV cessou as transmissões por sinal aberto no dia 27 de maio, logo que o governo se negou a renovar sua licença, alegando relação da emissora com o golpe falho de 2002. O canal reativou suas emissões no dia 16 de julho, mas só por TV a cabo. A emissora, que agora transmite sua programação de Miami, alega ser um canal 'internacional', não precisando mais responder às solicitações legislativas venezuelanas e se adequar aos padrões nacionais, o que a obrigaria a transmitir discursos do presidente, Hugo Chávez. O argumento da RCTV é reforçado pelo fato de que a Colômbia também recebe o sinal a cabo da emissora - fato que a consolida como empresa internacional. A Comissão Nacional de Telecomunicações, a Conatel, solicitou na semana passada à RCTV sua inscrição no registro de produtores nacionais audiovisuais, e do contrário não poderia seguir funcionando por cabo no mês de agosto. Seijas disse que o pedido foi feito na segunda-feira ao Ministério de Telecomunicações e à Conatel. A Câmara fez a petição, segundo o presidente, por "esperar discutir toda a problemática dos produtores nacionais audiovisuais". Os parâmetros previstos na legislação venezuelana para definir o um produtor audiovisual "são muito defasados, muito subjetivos", explicou Seijas. "Queremos claridade no tema".

Mais conteúdo sobre:
RCTVHugo ChávezVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.