Chávez deve ir à cúpula do Mercosul no Uruguai, diz chanceler

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, deve participar da cúpula do Mercosul que acontecerá na terça-feira em Montevidéu, no Uruguai, o que seria sua primeira viagem oficial desde que foi diagnosticado com um câncer neste ano, disse o chanceler uruguaio.

REUTERS

19 de dezembro de 2011 | 20h58

"Recebemos a comunicação de que o presidente Chávez participará da cúpula do Mercosul", declarou nesta segunda-feira o ministro das Relações Exteriores uruguaio, Luis Almagro, a jornalistas em Montevidéu, onde se espera que seja discutida a demorada adesão da Venezuela ao bloco sul-americano.

O militar aposentado de 57 anos insiste que está plenamente curado depois de uma cirurgia que se submeteu em junho, em Cuba, para retirar um grande tumor pélvico. Suas viagens internacionais se limitaram à ilha comunista, onde passou por vários ciclos de quimioterapia.

No início de dezembro, ele havia falado que viajaria à Argentina para assistir à posse da presidente argentina, Cristina Kirchner, mas cancelou a viagem para visitar desabrigados após um temporal que atingiu a Venezuela.

(Reportagem de Karina Grazina)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZMERCOSUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.