Chávez diz que irá fazer sessões de quimioterapia para combater câncer

Presidente diz que está no segundo estágio da doença e que tratamento poderá ser necessário

REUTERS

13 de julho de 2011 | 09h49

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, admitiu na quarta-feira, 13, pela primeira vez que poderá precisar de quimioterapia e radioterapia no seu tratamento contra o câncer, que já o levou a uma cirurgia em Cuba.

"Estou no segundo estágio da doença, uma avaliação de órgão por órgão e outros fatores, e não devo dar mais detalhes", disse Chávez à TV estatal, segundo transcrição fornecida por seu gabinete.

A assessoria dele disse que a terceira fase do tratamento "pode significar a aplicação de radioterapia e quimioterapia" no dirigente socialista de 56 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZQUIMIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.