Chávez e Naomi Campbell discutem os problemas das crianças

O presidente venezuelano está afastado há dez dias, mas abriu uma exceção para se reunir com a modelo

Efe,

31 de outubro de 2007 | 02h35

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, recebeu nesta terça-feira, 30, em Caracas a modelo britânica Naomi Campbell para dialogar sobre os problemas sociais e os direitos das crianças. "Sou embaixadora da Fundação Nelson Mandela e quero trabalhar para a proteção dos direitos das crianças", disse Campbell à imprensa, diante do palácio de Miraflores, sede do governo. A modelo acrescentou que sua conversa com o presidente venezuelano seria sobre "as crianças venezuelanas e outros temas sociais". Ao ser perguntada sobre a "revolução bolivariana" liderada por Chávez, a visitante esclareceu que não ia "falar de política". Ela apenas comentou que já tinha estado antes na Venezuela e que sabia que é "um país tropical, com grandes cascatas". Chávez permanece afastado das atividades públicas há mais de 10 dias, recuperando-se de uma bronquite. Mas abriu uma exceção para se reunir com Campbell. A modelo apareceu vestida de branco. Chávez usou seu "traje de trabalho", como parte da imprensa chama a sua camisa vermelha.

Tudo o que sabemos sobre:
ChávezNaomi CampbellVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.