Chávez garante que reconhecerá resultados das eleições legislativas

Presidente diz estar sendo acusado de preparar uma fraude; pleito é crucial para plano socialista

Efe,

19 de setembro de 2010 | 22h50

Chávez faz campanha no estado de Mérida junto a candidatos do PSUV

 

CARACAS- O presidente venezuelano, Hugo Chávez, garantiu neste domingo, 19, que seu Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e seus aliados reconhecerão os resultados das eleições legislativas do próximo domingo, e pediu à oposição para fazer o mesmo.

 

Veja também:

linkChávez adverte que triunfo eleitoral de opositores seria ruína da ''revolução''

linkEntrevista: ''Só eleição não garante democracia''

linkArtigo: A decadência do patriarca

 

Chávez fez a declaração em um ato oficial transmitido em rede nacional obrigatória de rádio e televisão.

 

O líder destacou o reconhecimento dos resultados do pleito ao alertar que "alguns" porta-vozes de "alguns setores" oposicionistas, que não identificou, "andam dizendo" que seu Governo, junto ao Conselho Nacional Eleitoral (CNE), planejam armadilhas.

 

"Acusam-me de que estou preparando uma fraude, que o Conselho Eleitoral já está pronto para fazer a fraude. Isso é algo muito perigoso, porque já sabemos o que acontece (caso não) se reconheça um resultado que pode ser adverso para alguns", acrescentou o presidente.

 

Atualmente, quase todos os parlamentares venezuelanos são chavistas, porque a oposição boicotou as últimas eleições legislativas.

 

Agora, os oposicionistas esperam conquistar entre 57 e 50 cadeiras. Um avanço como esse tiraria de Chávez a maioria de dois terços e o obrigaria a negociar ou apostar ainda mais na radicalização.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.