Chávez inicia segunda rodada de quimioterapia em Cuba

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta segunda-feira que começou seu segundo ciclo de quimioterapia na capital cubana, Havana, onde está desde o fim de semana.

REUTERS

08 de agosto de 2011 | 18h02

Chávez fez o anúncio por telefone à televisão estatal venezuelana, dois dias depois de partir para Cuba, onde foi recebido pelo presidente Raúl Castro.

"Estou em pleno tratamento de quimioterapia, recostadinho, almoçando", disse Chávez por telefone a um ato de premiação para estudantes.

O telefonema foi curto e Chávez estava com a voz cansada, diferentemente de um contato que teve mais cedo nesta segunda, quando disse que começaria o tratamento a seguir após ter se saído bem nos exames realizados no domingo. Ele disse que tinha ganho peso e massa corporal.

Durante a manhã, Chávez usou sua conta no Twitter para comentar os diferentes programas da TV estatal e os atos que acontecem na Venezuela para celebrar uma batalha naval da época colonial.

No domingo, em entrevista gravada, o presidente confessou que chorou quando Fidel Castro lhe comunicou no início de junho que foram detectadas células cancerígenas depois de ter sido operado em urgência.

O militar aposentado, de 57 anos, foi operado em Havana para retirar um tumor do tamanho de uma bola de beisebol e semanas depois realizou o primeiro ciclo de quimioterapia na ilha.

(Reportagem de Mario Naranjo)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZQUIMIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.