Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Chávez mantém doação de combustível para americanos pobres

Venezuela continuará a dar óleo de calefação para não prejudicar imagem e mostrar que sustenta compromissos

Agência Estado e Associated Press,

08 de janeiro de 2009 | 13h54

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, irá manter suas doações de óleo de calefação para famílias norte-americanas pobres, uma decisão de alto custo que sugere que o líder venezuelano quer manter suas promessas - e reforçar sua imagem - apesar da queda dos preços do petróleo. A venezuelana Citgo Petroleum Corp. anunciou, quarta-feira, que o programa de ajuda vai continuar, apenas dois dias após sua parceira, a empresa sem fins lucrativos Citizens Energy, de Boston, ter informado que a Citgo tinha interrompido os carregamentos gratuitos de combustível em razão da crise econômica mundial. "Chávez concluiu que foi um erro", disse Larry Birns, diretor do Conselho sobre Assuntos Hemisféricos, sediado em Washington. Ele disse que os funcionários da Citgo provavelmente recomendaram a medida de corte de custos para Chávez, mas que ele "começou a entender que os cortes no programa para os Estados Unidos eram muito danosos em termos de imagem", disse Birns. Doar combustível para pessoas de baixa renda nos Estados Unidos pode não ser visto como um grande impulsionador de imagem para um presidente cuja principal apelo está entre os venezuelanos pobres e da classe trabalhadora.  Mas Birns e outros analistas dizem que Chávez quer mostrar que mantém seus compromissos, mesmo com a queda das receitas do petróleo, que se traduzem em baixa nos rendimentos do governo. O presidente enfrenta um importante referendo em 15 de fevereiro sobre a abolição dos limites de reeleição e suas medidas antes desta data devem ser cuidadosamente pesadas com o objetivo de elevar seu apoio. O programa de doação aos norte-americanos beneficia 200 mil famílias em 23 Estados e 65 tribos indígenas.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.