Chávez pode não ser embalsamado, diz presidente interino da Venezuela

O falecido líder venezuelano Hugo Chávez pode não ser embalsamado como havia sido anunciado, já que o processo teria de ter sido iniciado antes e agora apresenta complexidades, disse nesta quarta-feira o presidente interino, Nicolás Maduro.

Reuters

13 de março de 2013 | 19h32

Chávez morreu em 5 de março após perder uma batalha de quase dois anos contra o câncer e desde a quarta-feira passada está na capela da Academia Militar, para onde milhões de pessoas foram para vê-lo.

"Chegaram cientistas russos e alemães para embalsamar Chávez e nos dizem que é muito difícil porque devia ter começado antes ..., logo, e (agora) não é possível. Estamos no meio do processo, o processo é complicado, é meu dever avisar vocês", disse Maduro em evento público.

(Reportagem de Mario Naranjo)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACHAVEZEMBALSAMAR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.