Chávez recebe unção dos enfermos durante missa

Missa celebrada por representantes da Igreja Católica do país tem o objetivo de pedir saúde e 'força espiritual' do líder venezuelano

Efe,

13 de julho de 2011 | 01h53

CARACAS - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, assistiu na terça-feira, 12, a uma missa celebrada por altos representantes da Igreja Católica do país com o objetivo de pedir a saúde do líder nacional, na qual recebeu a unção dos enfermos para obter "força espiritual".

 

"É a unção dos enfermos, antes era chamada de extrema-unção (...). Não precisa se assustar, isto é para que o enfermo tenha força física, mas sobretudo espiritual. Isto requer uma preparação espiritual e é dada a quem recebeu essa preparação", disse o monsenhor Mario Moronta, que comandou a missa.

 

Chávez, que dias atrás se submeteu a uma cirurgia em Cuba para a retirada de um câncer, assistiu à cerimônia celebrada na Academia Militar de Caracas, que foi retransmitida pela emissora estatal VTV e acompanhada pelos ministros de governo e pela cúpula militar do país.

 

Moronta pediu a Deus pela "saúde espiritual e corporal" da qual o presidente necessita para seguir no exercício de suas funções. O sacerdote rezou para que a doença do líder lhe sirva "em seu processo de purificação".

 

Chávez foi chamado para ler a primeira leitura da missa, um salmo do apóstolo Santiago.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.