Chávez ressalta 'coragem' de repórter que atirou sapatos em Bush

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ressaltou na segunda-feira a coragem de um jornalista iraquiano que lançou seus sapatos contra o presidente dos EUA, George W. Bush, o que desatou uma polêmica no país árabe. O líder esquerdista sul-americano é um ferrenho crítico da Casa Branca e já desferiu toda sorte de insultos contra seu rival, que deixará o poder em janeiro. "Menos mal que não o atingiu. E não é que se estejam promovendo os sapataços, lançamento de sapatos. Mas que coragem, na verdade", disse um sorridente Chávez em uma transmissão da TV estatal. O canal do Estado venezuelano repetiu várias vezes na segunda-feira o vídeo em que o repórter Muntazer al-Zaidai arremessa seus sapatos contra Bush durante uma coletiva de imprensa. O jornalista lançou um sapato contra Bush, forçando-o a se abaixar, e depois o outro, que passou por cima da cabeça do mandatário e atingiu a parede. Lançar sapatos contra alguém é o pior insulto possível no mundo árabe. O desconhecido repórter, que se disse furioso com Bush pelos milhares de iraquianos mortos desde a invasão do país, em 2003, foi aclamado por manifestantes em seu país como um herói nacional, enquanto o governo o qualificou de bárbaro. O jornalista permanece detido e será julgado por insultar ao Estado iraquiano, segundo o governo. (Por Fabián Andrés Cambero)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.