Chávez revela que recebeu carta de líder das Farc

Presidente venezuelano agradece apoio na negociação pela libertação dos reféns mantidos pela guerrilha

Efe,

15 de setembro de 2007 | 12h54

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, informou neste sábado, 15, que recebeu uma nova carta do líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Manuel Marulanda, mas não adiantou o seu conteúdo. Chávez comentou o fato durante um discurso na cidade de Barquisimeto, 350 quilômetros a oeste de Caracas.   "Quando vinha para cá, recebi uma nova carta de Manuel Marulanda, o comandante das Farc. Estou atuando como mediador, falo com o presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, e com 'Tiro Fijo' (pseudônimo de Marulanda. Há poucos dias telefonou o presidente da França, Nicolas Sarkozy. Agradeço muito pelo apoio que ele está dando", disse.   O presidente venezuelano agradeceu também o apoio que está recebendo "da Bolívia, da Argentina e de muitos países do mundo" pela paz na Colômbia. "Não queremos mais guerra, queremos paz", acrescentou.   A senadora colombiana Piedad Córdoba pediu a mediação de Chávez no dia 8 de agosto. O seu primeiro objetivo é conseguir uma troca humanitária de 45 reféns das Farc por membros do grupo guerrilheiro capturados pelas autoridades colombianas.   Chávez revelou que recentemente enviou "mensagens" a ambas as partes, cujo conteúdo não revelou. A carta recebida poderia ser uma resposta ao governo venezuelano.

Tudo o que sabemos sobre:
Hugo ChávezFarcColômbiaVenezuela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.