Chávez se reúne com representante das Farc

Presidente venezuelano tenta a libertação de 45 reféns das Farc em troca de 500 guerrilheiros presos

REUTERS

07 de novembro de 2007 | 23h10

O presidente venezuelano, Hugo Chávez,se reuniu com um guerrilheiro das Forças Revolucionárias daColômbia (Farc) na quarta-feira, em um encontro que tem oobjetivo de quebrar o impasse em torno da libertação de refénsmantidos pelas Farc. Após o encontro, que durou horas e levou semanas para serorganizado, Chávez disse que as negociações serão difíceis. "Hoje eu me reuni por várias horas com o enviado do (líderdas Farc) Manuel Marulanda. Foi a primeira reunião. Haveráoutras enquanto buscamos uma solução. Não será fácil", disse. Mais cedo na quarta-feira, o presidente colombiano, AlvaroUribe, pediu paciência para dar ao seu colega venezuelano tempopara quebrar o impasse com o mais antigo grupo rebeldelatino-americano. Para analistas políticos, qualquer encontro derepresentantes das Farc com um chefe de Estado ajuda a darreconhecimento internacional para um grupo consideradoterrorista por governos de vários países. Eles acrescentam que as conversas também ajudam Chávez, quetem relações estremecidas com os Estados Unidos, a melhorar seuperfil internacional. As Farc querem a libertação de rebeldes presos em troca daentrega de importantes reféns detidos pela guerrilha, como apolítica franco-colombiana Ingrid Betancourt, e trêsprestadores de serviços norte-americanos. (Por Saul Hudson)

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbia, ChávezFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.