Chávez substitui ministro do Trabalho por legislador

O presidente venezuelano, Hugo Chávez,substituiu o ministro do Trabalho pelo legislador RobertoHernández, líder veterano do partido comunista local, divulgoua Gazeta Oficial do país na quarta-feira. O titular anterior, José Rivero, liderou no começo do mêsuma frustrada mesa de negociação com a siderúrgica TerniumSidor. Ele pretendia assinar um novo contrato coletivo, até queChávez decidiu intervir diretamente e ordenou a reestatizaçãoda empresa. Hernández, atual vice-presidente do parlamento, decidiurecentemente abandonar as fileiras do partido comunista parajuntar-se ao Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), quepressiona o presidente para consolidar as forças políticas queaprovam o que ele chama de "revolução socialista". A Gazeta disse que a nomeação tem vigência imediata. Rivero apoiou um referendo na Sidor (que é controlada peloconsórcio internacional Ternium ), no qual os trabalhadorestinham de decidir entre aceitar a oferta econômica daadministração ou recorrer a uma junta de arbitragem queresolveria a nova contratação. Os trabalhadores de opunham aambas as medidas. Chávez ordenou na semana passada que o Estado retome ocontrole da companhia, privatizada desde 1997 e afetada até asemana passada por uma greve para esperar as ordens do governosobre o processo de reestatização. (Por Fabían Andrés Cambero)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.