Chefão de cartel do narcotráfico é capturado no norte do México

Soldados mexicanos capturaram na segunda-feira o líder do enfraquecido cartel de drogas de Arellano Félix, pelo qual os governos dos México e dos Estados Unidos ofereciam recompensas, disseram fontes do governo federal mexicano.

REUTERS

24 de junho de 2014 | 08h19

Fernando Sánchez Arellano, conhecido como "El Ingeniero", foi capturado na tarde de segunda-feira em uma casa de Tijuana, sede do grupo criminoso, ao término da partida de futebol entre México e Croácia na Copa do Mundo, disse uma das fontes.

Sánchez Arellano era procurado pela Procuradoria-Geral do México por crime organizado, delitos contra a saúde e violação das leis de armas de fogo. As autoridades ofereciam recompensa de 30 milhões de pesos (2,3 milhões de dólares) por sua captura.

Os Estados Unidos o procuravam por tráfico de drogas e ofereciam recompensa de 5 milhões de dólares por sua prisão.

O chefão, que seria trasladado à Cidade do México nas próximas horas, disse outra fonte, assumiu o comando do cartel depois da captura de todos os familiares que estavam na chefia da organização.

(Reportagem de Lizbeth Díaz)

Mais conteúdo sobre:
MEXICONARCOTRAFICOTIJUANA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.