Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Chefão do narcotráfico colombiano pega 45 anos de prisão nos EUA

O traficante de cocaína Diego Montoya, que já chefiou o cartel Norte del Valle da Colômbia, se desculpou nesta quarta-feira em uma corte norte-americana às suas vítimas e foi sentenciado a 45 anos de prisão.

REUTERS

21 de outubro de 2009 | 21h00

Em agosto, Montaya, conhecido como Don Diego, se declarou culpado de tráfico de drogas ao chefiar o cartel que o FBI disse que já foi responsável por 60 por cento da cocaína exportada da Colômbia para os Estados Unidos.

"Cheguei à conclusão de que nada que eu possa fazer vai reparar os grandes danos que causei", disse Montoya segundo o jornal The Miami Herald.

Com a sentença, ele disse, "é minha sincera esperança ser capaz de levar alívio à minha família e às famílias das vítimas e levar o pesadelo delas a uma conclusão".

Montoya, de 48 anos, já esteve na lista das 10 pessoas mais procuradas do FBI, junto a Osama bin Laden. Ele foi capturado pela polícia colombiana em 2007 e extraditado aos EUA em dezembro.

(Reportagem de Jane Sutton e Cynthia Osterman)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIATRAFICANTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.