Chile anuncia US$2,5 bi para reconstruir casas após terremoto

Segundo presidente Sebastián Piñera, 370 mil imóveis foram afetados pelo tremor

Reuters

29 de março de 2010 | 12h22

SANTIAGO - O presidente chileno, Sebastián Piñera, anunciou nesta segunda-feira, 29, um plano de reconstrução e subsídios no valor de US$ 2,543 bilhões para milhares de habitações destruídas pelo terremoto e tsunamis que atingiram o país no dia 27 de fevereiro.

Durante uma cerimônia pública, Piñera disse que, de acordo com os últimos dados, um total de 370.051 casas foram afetadas pelo desastre do dia 27.

"O custo deste programa chega a US$ 2,543 bilhões e esperamos poder assumir esta responsabilidade durante os próximos 24 meses complementando o orçamento normal que estava no Ministério da Habitação", afirmou o presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.