Gustavo Cuevas/Efe
Gustavo Cuevas/Efe

Chile concederá asilo a dissidente cubano

José Ubaldo Izquierdo está na Espanha e deve viajar ao país sul-americano nos próximos dias

Efe,

23 de julho de 2010 | 21h36

SANTIAGO- O dissidente cubano José Ubaldo Izquierdo Hernández, que chegou nesta sexta-feira, 23, à Espanha, será enviado nos próximos dias ao Chile, anunciou hoje o chanceler chileno, Alfredo Moreno.

 

O ministro explicou que as autoridades diplomáticas chilenas já fizeram "contato direto" com a Espanha, onde Izquierdo deve cumprir com vários trâmites antes de viajar "em alguns dias mais" ao Chile. Ainda não se sabe a data correta de seu envio.

 

Izquierdo, jornalista independente de 44 anos e condenado a 18 anos de prisão, dos quais já cumpriu sete, chegará ao Chile acompanhado de sua esposa, filhos, sogros e um sobrinho.

 

O dissidente, coordenador da Comissão Cuba e delegado do Partido Liberal Democrático, poderá pedir o status de asilado no Chile e contará com o apoio do governo para suas necessidades básicas "em um primeiro momento".

 

Nesta semana, foi completado o envio de 20 presos políticos à Espanha como parte de um acordo firmado entre o governo do presidente Raúl Castro e a Igreja Católica da ilha, mediado pelo governo espanhol. Além deles, mais 32 dissidentes devem ser libertados em um prazo de até quatro meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.