Chuvas no oeste do México deixam nove mortos

Entre os mortos, há uma criança de 3 anos, dois senhores de 75 e 60 anos e uma mulher de 50

Efe,

24 Julho 2007 | 02h55

Pelo menos nove pessoas morreram em conseqüência das chuvas no estado de Jalisco, oeste do México, cinco delas em Guadalajara, informou na segunda-feira a Secretaria de Segurança Pública estadual. As intensas chuvas na tarde e noite do domingo provocaram inundações de até dois metros de altura e cortes de energia elétrica em dezenas de localidades. Em Tlaquepaque, um dos municípios da área metropolitana, os bombeiros acharam o corpo de um homem, de 60 anos, que ficou preso na sua caminhonete quando tentava atravessar um riacho. Perto dali, outro veículo foi arrastado pela força de água, com um homem de 75 anos e uma mulher de 50. Os dois também morreram afogados. Uma criança de 3 anos, que estava no mesmo carro, foi levada pela enchente. Seu corpo apareceu a cerca de 10 quilômetros de distância. Nas últimas horas os bombeiros de Guadalajara relataram 24 inundações. A área mais afetada é o sul da cidade.

Mais conteúdo sobre:
inundaçõesMéxico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.