Mark Garten/ONU/Divulgação
Mark Garten/ONU/Divulgação

Clinton deve retornar com ajuda ao Haiti nesta sexta

Ex-presidente dos EUA é o enviado especial da ONU para o país e deve se reunir com autoridades

estadao.com.br,

05 de fevereiro de 2010 | 07h58

O ex-presidente dos EUA Bill Clinton deve voltar ao Haiti nesta sexta-feira, 5, para entregar ajuda humanitária, visitar hospitais e se encontrar com líderes do país caribenho, informou sua fundação ao canal de notícias CNN. O país caribenho foi devastado por um terremoto de magnitude 7 na escala Richter no dia 12 de janeiro.

 

Clinton, enviado especial da ONU para o Haiti, disse que também se responsabilizará pela supervisão da entrega de ajuda e da reconstrução do país, onde mais de 200 mil pessoas morreram após o desastre. "Mais de três semanas se passaram depois do terremoto, e a ajuda internacional tem crescido para aliviar a dor dos haitianos, mas o longo caminho par a reconstrução apenas começou a ser percorrido", disse o antecessor de George W. Bush.

 

Clinton viajou ao Haiti duas semanas atrás, poucos dias depois do terremoto, para se reunir com autoridades do Haiti e da ONU. O ex-presidente também levou comida, água, suprimentos médicos, lanternas e geradores de energia, de acordo com a fundação chefiada por ele.

 

Clinton planeja visitar um hospital em Porto Príncipe após sua chegada. "Retornarei à capital pela segunda vez desde o desastre para levar suprimentos e conversar com as autoridades haitianas para assegurar que a assistência continue eficaz, coordenada e sustentada nos próximos meses", disse o ex-mandatário.

 

O presidente Barack Obama pediu a Clinton e ao também ex-presidente Bush que levantassem fundos para enviar ao Haiti. Os ex-chefes de governo criaram então o Fundo Clinton-Bush para o Haiti, cujo objetivo é "identificar e suprir todas as necessidades pendentes na região, melhorar a qualidade de vida e ajudar na reconstrução do país".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.